Bateria do iPhone: 3 verdades que você ainda não conhecia!

A bateria do iPhone é um dos assuntos mais comentados em comunidades de tecnologia, existem alguns mitos que seguem se espalhando, e hoje estamos aqui para falar sobre eles, e dizer até que ponto eles são verdades, ou são mitos populares.

Hoje em dia, ainda existem pessoas que acreditam que o aparelho precisa ser carregado diariamente, preferencialmente ao dormir, para estar em 100% no dia seguinte, além de outros mitos populares. Existem muitos mitos que são criados sobre a preservação e duração da bateria.

E hoje, vamos falar sobre as verdades que todos precisam conhecer sobre a bateria do iPhone.

Verdades que precisam ser conhecidas sobre a bateria do iPhone!

01 – O carregamento rápido não causa danos à bateria do iPhone

Todas as pessoas, ou pelo menos, a grande maioria, tem uma grande parcela da sua vida salva no seu smartphone, e com os usuários do iPhone não seria diferente, de agenda de compromissos à aplicativos de compras online, com favoritos salvos.

O fato é que as pessoas precisam de todas as informações que estão armazenadas no iPhone, pois são de uso diário e muito constante. E com o aparelho descarregando, e as vezes, em uma situação desconfortável, como na rua ou aguardando uma pessoa, existe a necessidade de carregar rápido a bateria do iPhone.

E nesse momento, bate aquela dúvida, será que o carregamento rápido pode causar danos para a bateria do iPhone? De acordo com especialistas, o carregamento rápido NÃO causa danos ao aparelho. Podemos confirmar essa afirmação, já que os aparelhos a partir de 2017, começando pelo iPhone 8 já possuem essa opção de fábrica.

Mas é importante entender como funciona o carregamento rápido, ele acontece em dois estágios, o primeiro realiza uma aplicação de grande quantidade de tensão, caso a bateria esteja vazia ou muito perto estar vazia, fornecendo uma carga de 50% em 30 minutos. Na segunda fase, acontece o restante do carregamento.

02 – Manter o carregamento durante a noite não causa danos à bateria

Outro mito muito popular sobre a bateria do iPhone é sobre o seu carregamento noturno. Muitas pessoas acreditam que deixar o aparelho carregando ao longo da noite, pode causar uma sobrecarga na bateria quando ela atingir a carga completa, ou seja, 100%.

Mas, de acordo com especialistas, isso NÃO é verdade. O iOS foi criado para desligar a corrente elétrica quando ela alcançar a sua carga máxima, antes que aconteça a sua sobrecarga. Dessa forma, é possível manter o aparelho em segurança, já que não haverá energia sendo depositada no aparelho já carregado.

No iOS 13, houve um esforço ainda maior em relação à segurança no processo de carga da bateria, onde visando minimizar ainda mais os riscos, a gigante norte americana, criou uma função conhecida como Carregamento Otimizado de Bateria, que faz interrupção da carga ao atingir 80%, e retorna o mais próximo possível do momento em que o usuário for precisar utilizar.

É um recurso que funciona muito melhor para usuários que possuem horários regrados, como acordar sempre no mesmo horário, para que dessa forma, utilizando IA- Inteligência Artificial, o sistema consiga realizar o cálculo correto em relação ao horário que a carga precisa ser reiniciada.

03 – Temperaturas altas podem causar danos para a bateria do iPhone

Realmente, as altas temperaturas podem causar danos ao iPhone. Quando falamos em altas temperaturas, são aquelas que ultrapassam 35°C, e ao alcançar essa temperatura o aparelho está sujeito à danos sérios, reduzindo sua eficácia, eficiente e agilidade.

Em alguns casos, pode ser necessário buscar auxílio de uma assistência técnica especializada para reparar os danos que foram causados pelas

Aprender francês: 7 razões por que é um diferencial no mercado de trabalho

Se você alguma vez já se perguntou porque aprender francês pode ser importante para você no mercado de trabalho, ou se você nunca se perguntou isso, é importante saber que aprender francês pode ser um grande diferencial no mercado de trabalho.

Mas por que aprender francês pode ser tão importante assim? Vamos te dar 7 razões por que aprender francês é um diferencial enorme no mercado de trabalho atual. confira!

1 – Francês é a terceira língua mais importante da internet

Se você acha que só o inglês é importante, não é mais o caso. na internet, o primeiro lugar ainda é do inglês, seguido pelo espanhol e aí temos o francês.

Ou seja, se você aprender francês, terá acesso a muito mais conteúdo online, que fica restrito a quem tem domínio da língua.

2 – Muitos países no mundo falam francês

Você pode ter a ideia errada de que “só se fala francês na frança”. não é assim mesmo. só para você ter uma ideia da abrangência da língua francesa, mais de 200 milhões de pessoas falam a língua francesa nos 5 continentes. o francês é a língua oficial de 33 países.

Aprender francês abre inúmeras oportunidades de comunicação com pessoas diferentes, dos mais variados países.

3 – O francês é o idioma oficial de várias organizações mundiais

Se você opta por aprender francês, então é importante saber que diversas organizações mundiais tais como a cruz vermelha, a organização das nações unidas (onu), unesco, fundo monetário internacional (fmi) têm o francês como língua oficial. Ou seja, aprender francês pode abrir oportunidades em todas essas organizações. 

Além disso, a sede de outras organizações, como o comitê olímpico internacional (coi) são em cidades francófonas, que são cidades cuja língua oficial é o francês.

Esse é o caso de lausanne, na suíça. de fato, a suíça é um país no qual se fala francês, italiano e alemão, mas a sede do coi fica na cidade de lausanne, que tem francês como a língua oficial.

4 – O mercado exige mais que somente inglês

Atualmente, o mercado de trabalho já exige bem mais que somente saber inglês. de fato, as empresas consideram que saber inglês é essencial, básico, não sendo mais um diferencial.

O que o candidato sabe além do inglês é que representa o diferencial. portanto, aprender a língua em uma escola de francês torna-se um grande diferencial, em um mundo em que há muitos candidatos para poucas boas vagas de trabalho. 

Aprendendo francês, você multiplica suas possibilidades no acirrado e competitivo mercado de trabalho atual.

5 – A cultura francesa é muito vasta

Tendo domínio da língua francesa, você poderá ler e compreender melhor as grandes obras da cultura francesa, como os autores victor hugo, júlio verne, balzac e proust.

Em relação a filmes, você poderá assistir aos filmes de godard, truffaut, dentre outros, bem como filmes com juliette binoche e alain delon, por exemplo.

Além disso, você poderá cantar as músicas de edith piaf e charles aznavour no idiota original. demais, não é mesmo?

Muito se perde na tradução e legendação dessas obras. assim, aprendendo francês você poderá aproveitar todo esse conteúdo, no seu formato original, adentrando e aproveitando um mundo cultural de inestimável valor.

6 – Há excelentes universidades francesas à disposição

O programa ciência sem fronteiras, do ministério da educação, permite que você estude em universidades francesas, tais como a sorbonne, na frança. De fato, o francês é o segundo idioma oficializado pelo mec. assim, sabendo francês, grandes oportunidades de formação podem abrir para você.

7 – O francês não é uma língua difícil de aprender

Por ter

Brasil tem o maior mercado gamer da América Latina

Mercado de jogos movimentou cerca de R$ 5,6 bilhões só em 2018

 

Se até algum pouco tempo atrás, videogame era considerado coisa de adolescente, nos últimos anos, o chamado “mercado gamer” tem se tornado, cada vez mais, coisa séria. Seja pra jogar no conforto da sua poltrona, sentado na frente do computador ou, ainda, em qualquer lugar com seu smartphone, os jogos virtuais fazem parte da rotina de muitos brasileiros.

 

E não, necessariamente, como pura diversão. Para além do entretenimento, os games já podem ser considerados como trabalho para muita gente que escolheu por profissão ser jogador profissional.

Mercado gamer no Brasil

Quem pensa que jogar videogame não dá dinheiro está, absolutamente, equivocado. Em junho de 2019, por exemplo, dois garotos de 16 anos ganharam 3 milhões de dólares, o equivalente, a mais ou menos, R$ 11,3 milhões, em um campeonato do jogo Fortnite.

 

Daí, é possível dimensionar a riqueza que esse mercado movimenta em todo o mundo. Em 2018, por exemplo, o mercado de games movimentou, aproximadamente, R$ 5,6 bilhões no Brasil, de acordo com dados da consultoria Newzoo.

 

A mesma pesquisa contabilizou a existência de cerca de 75,7 milhões de jogadores no país. Sendo assim, no ranking mundial, o Brasil aparece como 13º maior mercado na área, além de estar na dianteira entre os países latino-americanos.

 

Para chegar a esse resultado, a pesquisa utilizou dados de 62 mil pessoas de 30 países em todo o mundo. O número é referente ao faturamento anual de cada país no setor de jogos, sendo que o Brasil teve uma receita de 1,6 bilhão de dólares.

 

No mercado de trabalho, por sua vez, tais números têm ainda mais impacto. Isso porque houve um aumento de 164% no número de desenvolvedores de jogos, de 2014, quando foi realizado o primeiro censo, até 2018. A maioria dessas empresas está localizada no Sudeste, a exemplo do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais.

 

O empresário Marcelo Tavares, organizador da Brasil Game Show, no entanto, propõe que esses números sejam ainda maiores, já que acredita que tenhamos a terceira maior população gamer de todo o mundo. “A gente tem mais de 60 milhões de jogadores, e com um faturamento que ainda pode crescer muito,” disse Tavares. De qualquer forma, tais números apontam para um crescimento significativo do mercado de jogos, que só tende a aumentar nos próximos anos.

Diferentes plataformas

Os games de hoje em dia não se resumem aos jogos que usam consoles, já que smartphones e tablets também tornaram-se plataformas virtuais perfeitas para se jogar, independente de onde você se encontra.

 

Os dispositivos móveis já conseguiram ultrapassar os consoles, chegando a faturar uma receita mundial de 36,9 bilhões de dólares ao ano. Os consoles, por sua vez, movimentam uma média de 47,9 bilhões de dólares, enquanto games de PC, download via navegador, geram, mais ou menos, 35,7 bilhões de dólares.

Crescimento exponencial

Segundo a 19ª Pesquisa Global de Entretenimento e Mídia da PwC, o mercado de games tende a crescer por volta de 5,3% até 2022. Só com os jogos de celulares, o faturamento mais que dobrará, passando de 324 milhões de dólares, em 2017, para 878 milhões de dólares, daqui a dois anos.

 

Para tal resultado, foram utilizados dados de 15 segmentos do setor, em 53 países. A receita global, de acordo com o censo, deve chegar a 2,4 trilhões de dólares em 2022. Em 2017, foram registrados 1,9 trilhão de dólares.

 

A pesquisa aponta, ainda, que os segmentos que mais vão crescer nesses próximos dois anos serão os de …

Saiba mais sobre as últimas inovações tecnológicas da Mastercard

Os clientes dos cartões Mastercard, além de possuírem diversos benefícios, ainda contam com uma empresa inovadora e especialista em soluções. Saiba mais sobre as últimas inovações tecnológicas da Mastercard e como elas podem ser importantes para ajudar a otimizar os nossos processos de pagamentos por compras e serviços. 

A empresa Mastercard é focada na solução de processamento de pagamentos, conexão de consumidores com as instituições financeiras, empresas, estabelecimentos comerciais e até o governo, além de estar presente em mais de 200 países. 

Os cartões Mastercard permitem aos clientes a realização de compras, usufruírem de serviços, realizarem viagens nacionais e internacionais, efetuarem transações de maneira rápida e fácil, e administrarem os seus negócios e finanças. Se você precisa da 2º via do seu Mastercard, veja o tutorial neste site: 2viafatura.com.br/segunda-via-fatura-mastercard/.

Atualmente a empresa foi considerada pelo Whow! (Premiação do Centro de Inteligência Padrão), a mais inovadora tecnologicamente, no setor de cartão de crédito do país. A mastercard busca inovar em seus esforços para melhor atender as necessidades de seus clientes, investindo em inovações tecnológicas de ponta. 

Confira a seguir as últimas inovações da Mastercard:

Inovações Mastercard

Start Path

O Start Path é um programa que foi lançado pela empresa para apoiar startups inovadoras, com o objetivo de contribuir para as próximas gerações oferecerem soluções no comércio. 

A empresa oferece a essas Startups a oportunidade de acesso às sua rede de especialistas e inovações, além de do direito de sugerirem novos projetos de soluções.

Mastercard Labs

Labs é um grupo da empresa que realiza a Pesquisa e Desenvolvimento relacionado às soluções inovadoras para realização de pagamentos no mercado de forma mais avançada. O foco é oferecer aos clientes um serviço eficiente, rápido e de qualidade. Esses grupos estão localizados em outros países, como o EUA, Dublin, Quênia, Singapura, entre outros.  

Mastercard Developers

Esse programa é um portal que possibilita aos desenvolvedores e parceiros da empresa o acesso a Interfaces de programas e aplicativos para realização de pagamentos e dados (APIs). Atualmente mais de 30 APIs estão em experimento nesses laboratórios. 

Tecnologia contactless

A Mastercard é a primeira empresa a oficializar esse serviço, o qual o cliente pode realizar pagamentos através da aproximação de seu celular, relógio ou cartão nas maquininhas que possuem o símbolo dessa tecnologia. 

Com isso o cliente não precisa digitar a senha para compras com o valor inferior a R$ 50,00. Evitando que tenha sempre que inserir o cartão em maquininhas para digitar senhas e realizar a compra. Ainda está sendo estudada a possibilidade de aumentar esse valor. 

Projeto para o pagamento de pedágios através do pulso

O mais novo investimento é o pagamento de pedágios através do pulso, através de uma pulseira tecnológica NFC, a qual utiliza a tecnologia de pagamento por aproximação. 

A empresa anunciou na Ciab que o banco responsável pela emissão da pulseira (Stone) é o Santander. As Ecorodovias serão os primeiros postos a aceitar esse novo sistema. Além da pulseira, poderão ser usados os cartões de débito ou crédito, e carteiras digitais. 

No entanto, o produto ainda não está no mercado, uma vez que o projeto segue em desenvolvimento. 

Além dessas inovações tecnológicas, a empresa está investindo em mais projetos voltados à soluções inteligentes de pagamento. 

 

E ai caro leitor, gostou do artigo? Se você já possui uma fatura Mastercard não deixe de aproveitar toda essa tecnologia disponível!

Por que os celulares quebram com tanta facilidade?

Alguma vez na vida você já se perguntou o motivo para os celulares quebrarem com tanta facilidade?

 

Bom esta é uma dúvida recorrente na cabeça de muitas pessoas. E é sobre ela que falaremos no decorrer deste artigo.

 

Mas antes de qualquer coisa, é necessário destacarmos que um celular quebrado é uma situação extremamente comum.

 

Portanto, não precisa esquentar a cabeça com este problema. Para resolvê-lo, basta levar seu aparelho a uma assistência técnica de celular SP.

 

Lá eles poderão diagnosticar e solucionar o problema de seu dispositivo de maneira rápida e simples.

 

Mas voltando a falar do assunto principal deste artigo, está na hora de descobrirmos o motivo pelo qual os celulares quebram com tanta facilidade. Acompanhe:

 

Qual é o motivo para celulares quebrarem com facilidade?

Bom, só quem já passou por uma situação de quebra ou dano do celular sabe o quanto é revoltante.

 

Uma queda mínima ou até mesmo um impacto fraquíssimo e pronto… o celular está com a tela rachada ou outra parte seriamente danificada.

 

Mas a pergunta que fica nessas situações é: Qual é o motivo para isso? Afinal os aparelhos celulares não são dispositivos meramente descartáveis. 

 

Eles são ferramentas caras e que precisam possuir uma vida útil relativamente longa. 

 

Inclusive eles guardam informações e recordações valiosas de seus donos, como fotos, informações do trabalho e da faculdade.

 

Logo, como eles podem quebrar e apresentar bugs com tamanha facilidade? Para especialistas, tudo isso se deve a estrutura de fabricação dos aparelhos.

 

Esta foi se modificando com o tempo. Para tomar como exemplo, basta você pensar naqueles dispositivos antigos.

 

Imagine se aqueles celulares antigos da Nokia quebrariam com essa facilidade. É claro que não!

 

Muitos modelos antigos pareciam quase que indestrutíveis. Então vamos entender quais foram as mudanças que provocaram esta fragilidade repentina. Acompanhe;

Telas mais expostas

Ainda pensando nos celulares mais antigos, é possível lembrar que suas telas eram muito menores que as dos smartphones da atualidade.

 

Logo, as telas atuais acabam ficando muito mais vulneráveis, possuindo uma superfície de contato extremamente maior.

 

Além disso, os painéis de LCD ficavam protegidos por partes plásticas e isso tornava bem difícil o contato com eles. 

 

Dessa forma, os acidentes que danificavam os displays precisavam ser muito mais violentos.

 

Atualmente, principalmente com a onda dos dispositivos touch, as telas necessariamente precisam ser bem maiores.

 

Inclusive, existem algumas marcas que exageram nesse conceito, elaborando dispositivos até mesmo desproporcionais. 

 

Ainda relatando a questão do touch, as telas acabam ficando muito mais expostas, uma que é necessário tocar mais diretamente nelas para escrever e realizar outras funções do telefone.

 

Os smartphones provocam distrações

Ainda comparando os dispositivos modernos com os mais antigos, podemos inferir que eles quebram com mais facilidade por uma questão de estilo de vida das pessoas.

 

Basta você andar alguns quarteirões e poderá observar uma série de pessoas andando ou realizando as mais diversas tarefas e mexendo em seus celulares simultaneamente.

 

Isso consequentemente tende a ocasionar um volume maior de acidentes, uma vez que os usuários acabam ficando distraídos. 

 

Pense também que antigamente as pessoas só utilizavam seus telefones para atender ligações e eventualmente mandar sms’s.

 

Logo, seria bastante raro que elas se distraíssem ou até mesmo que andassem na rua olhando para seus telefones. 

Entenda a importância do Marketing Digital para empreendedores

O Marketing Digital é um conjunto de ações voltadas a promoção de uma marca pela internet, por meio de canais online e métodos de análise de resultados em tempo real. Essa é a principal diferença entre o Marketing Digital e o Marketing Offline tradicional.

 

A internet está completamente incorporada à vida da maioria das pessoas hoje em dia e se faz presente em uma grande variedade de atividades, desde as mais simples até as mais complexas.

 

A facilidade de acesso às informações, com toda a amplitude que a internet proporciona, não mudou apenas a forma como realizamos tarefas como pedir uma pizza ou gerir um projeto, mas também influencia diretamente nos nossos hábitos de compra, alterando os processos.

 

Portanto, o Marketing Digital é uma ferramenta fundamental para empreendedores de negócios de todos os segmentos e tamanhos, pois visa alcançar o público-alvo nos meios digitais, com o objetivo de promover as empresas ou produtos.

Por que o Marketing Digital é tão importante?

 

O Marketing Digital é um conceito que surgiu na década de 1990, mudou o uso das tecnologias para a propaganda e tem se tornado cada vez mais popular, à medida que os dispositivos digitais passaram a fazer parte dos processos de compra. 

 

Eles se fazem presentes na descoberta de problemas, na descoberta de produtos que resolvem esses problemas, e durante toda a trajetória de compra.

 

Antigamente, os consumidores conseguiam acessar características dos produtos ou serviços apenas por meio das próprias empresas, que detinham toda a informação. 

 

Entretanto, hoje os consumidores têm um papel muito mais ativo e estão mais exigentes com relação ao posicionamento das empresas.

 

O Marketing Digital se mostra como uma oportunidade para que os empreendimentos aproveitem o meio digital para reforçar suas marcas, o que resulta na multiplicação de oportunidades de negócio. 

 

Trata-se de um conjunto de estratégias de suma importância, já que a tendência é que as pessoas estejam cada vez mais conectadas ao universo online, valorizando as empresas com autoridade no mundo digital.

Como fazer Marketing Digital?

 

O Marketing Digital inclui diferentes frentes de atuação. Dentre elas é possível citar o Marketing de Conteúdo, o E-mail Marketing e as diversas redes sociais, capazes de aumentar o alcance do empreendimento e influenciar no processo de compra dos potenciais clientes.

Marketing de Conteúdo

A base do Marketing de Conteúdo é a criação de materiais que visam educar, informar ou até mesmo entreter um possível cliente. 

 

Por meio das informações relevantes e relacionadas ao mercado de atuação dos negócios, as empresas conseguem fazer com que a marca seja respeitada e se torne referência no mercado.

 

O conteúdo deve estar relacionado às possíveis dores e dúvidas das personas (representações semi fictícias que ajudam a caracterizar um público-alvo). Desta forma, quando as pessoas pesquisarem sobre determinado assunto, irão encontrar a solução que a empresa oferece.

 

Quando pesquisam, as pessoas raramente procuram as informações de maneira direta. Elas se interessam pela resolução de problemas pessoais, e por isso o Marketing de Conteúdo foca na divulgação de informações relevantes para que os produtos sejam promovidos apenas na etapa final do processo de venda. 

 

Assim, eles são anunciados quando os possíveis consumidores já estão mais abertos e propensos às compras.

 

Um fabricante de transformadores, por exemplo, ao invés de escrever apenas sobre os produtos e suas vantagens, pode analisar as principais maneiras como os potenciais consumidores chegam até à solução. Então, os conteúdos informativos podem discorrer sobre várias questões relacionadas aos artigos elétricos.

 

Quando uma pessoa procurar a resposta para alguma dúvida, vai encontrar o

Como o Google localiza e indexa páginas da Web?

Quando um cliente em potencial insere uma consulta no Google, pesquisando os produtos que sua empresa vende, ela não está pesquisando na internet ao vivo. Em vez disso, ela está pesquisando páginas da web no índice da internet do Google.

De certa forma, esse consumidor está pesquisando na web recente e conhecida, e não na web ao vivo em tempo real. Portanto, mesmo antes de se preocupar com a classificação das páginas do seu site de comércio eletrônico no Google, é importante entender como o mecanismo de pesquisa do Google localiza e indexa essas páginas.

Aranhas e Sitemaps

O Google usa dois métodos principais para encontrar páginas da web de comércio eletrônico: sitemaps e software chamado de web spiders ou crawlers.

Uma teia de aranha faz o download de uma cópia de uma determinada página da web. Imagine por um momento que o Googlebot (isso é o que o Google chama de web spider) cai na página “Tabuleiro de damas” do site da Vans.

A página de detalhes do produto desta Vans inclui muitos links. O Googlebot seguirá esses links para descobrir outras páginas.

O Googlebot observará o conteúdo da página – nome do produto, descrição, preço, imagens -, mas também acompanhará as dezenas de links na página.

Então, a menos que o link ou arquivo robot.txt informe explicitamente ao Googlebot que não o siga, o spider irá seguir os links para cada página e catalogar o que encontrar. No exemplo da Vans, isso levaria o Googlebot ao catálogo de produtos do site, a muitas das páginas informativas do site, incluindo locais de lojas e cartões-presente, e até mesmo às páginas de conteúdo sobre skate, snowboard e BMX.

Cada vez que o Googlebot encontrou um link para uma nova página, ele adicionava o URL à sua lista de páginas a serem rastreadas. Desta forma, o Googlebot pode descobrir todas as páginas no site da Vans.

Então, vamos aplicar o que sabemos agora para ajudar o Google a descobrir as páginas do seu site de comércio eletrônico.

Primeiro, quanto melhor o trabalho do seu site com links internos – por meio de clusters de tópicos , por exemplo -, mais fácil para o Googlebot encontrar todas as suas páginas.

Em segundo lugar, concentre-se em obter outros sites para vincular às suas páginas. O desenvolvimento de links não apenas ajuda a impulsionar seus rankings nos resultados de pesquisa, mas também pode ajudar na descoberta de páginas.

Em seguida, o Google também usa sitemaps como uma maneira de encontrar páginas de comércio eletrônico. Um sitemap é um arquivo de texto ou XML que lista todas as páginas que você deseja que o Google conheça no seu site de comércio eletrônico. Você pode enviar o sitemap por meio do Google Search Console .

Depois de enviado, o sitemap pode ajudar o Google a percorrer todas as páginas do seu site. Apenas lembre-se de que “o uso de um sitemap não garante que todos os itens do sitemap sejam rastreados e indexados, pois os processos do Google dependem de algoritmos complexos para agendar o rastreamento. No entanto, na maioria dos casos, seu site se beneficiará de ter um sitemap, e você nunca será penalizado por ter um, ”de acordo com o Google .

Em suma, se você quiser que o Google encontre suas páginas de comércio eletrônico, (i) desenvolva uma boa estratégia de links internos, (ii) incentive links de outros sites para os seus e (iii) envie um sitemap.

Ajudando o Google

Conforme o Googlebot funciona em seu site de comércio eletrônico, ele também leva em consideração o título da página e o conteúdo de

Consultoria de SEO entenda como funciona

Uma vez que o marketing digital é uma estratégia completa e composta por diferentes atividades, para que uma empresa consiga obter o resultado desejado é necessário contar com profissionais que sejam especialistas em cada uma dessas atividades. Para isso é preciso também realizar a consultoria de SEO.

Muito se fala sobre esse assunto e especialmente, os empreendedores que estão buscando novas formas de conseguir atingir o seu objetivo através dos meios online, podendo ser na maior parte dos casos, o aumento do faturamento da empresa.

Nesse artigo você vai conferir um pouco sobre o que é o SEO, se você ainda não conhece e ainda, o que significa realiza uma consultoria de SEO e qual a sua necessidade.

Search Engine Optimization

Conhecido em todas as partes do mundo o SEO – Search Engine Optimization é o conjunto de atividades e análises realizados de forma estratégica, que consegue proporcionar a conquista das primeiras posições, no mecanismo de busca.

Otimização on-page e off-page, são algumas das principais ações necessárias, para atingir esse resultado.

Entenda o que é a consultoria de SEO

Nos dias de hoje é preciso estar na internet para que os seus clientes possam encontrar informações a respeito da sua empresa e também, do produto ou serviço que a sua empresa comercializa.

Desse modo é possível aumentar o faturamento da sua empresa e também, o alcance da sua marca para conseguir falar com o seu público alvo.

Muito mais do que nas redes sociais e vídeos no Youtube o que traz um resultado realmente expressivo, são as estratégias realizadas no mecanismo de busca.

Portanto, é de grande importância contar com o auxílio de um profissional que tenha o conhecimento adequado, para conseguir realizar as estratégicas necessárias e posicionar corretamente a sua marca na internet.

Como funciona a consultoria de SEO

monitoramento de palavras chave

Não existe apenas uma forma de realizar a consultoria de SEO. No entanto, essa atividade consegue reunir diferentes conceitos, estudos e análises para conseguir identificar e realizar as principais estratégias para conseguir alcançar os primeiros resultados no mecanismo de busca.

Para você que está chegando nesse universo do marketing digital há pouco tempo, saiba que os sites que são encontrados nas 3 primeiras posições do Google, depois de digitado um termo para pesquisa possuem excelentes taxas de tráfego para o site ou seja, grande quantidade de pessoas que acessam o site da empresa.

E se o site é feito com alta qualidade tanto no layout como no conteúdo, é possível obter o aumento das vendas do produto ou serviço de uma empresa e logo, aumentar o faturamento da mesma.

Um empreendedor, por exemplo, dentre tantas atividades em sua própria empresa pode conseguir realizar algumas estratégias para aumentar o número de pessoas que acessam o site a empresa.

Mas saiba que através da consultoria de SEO um profissional especializado nesse segmento, irá realizar e indicar as principais estratégias.

Ao longo do processo da consultoria, as principais atividades realizadas serão:

  • Identificação de métodos estratégicos;
  • Monitoramento do avanço das estratégias e resultados;
  • Cronograma de ações e pautas;
  • Análise de mercado;
  • Análise de público;
  • Auditoria das estratégias atuais.

Com a consultoria de SEO a estratégia não será apenas entregue na mão do cliente mas terá sim, um profissional que irá acompanhar cada uma das etapas necessárias para conseguir educar o cliente, além de identificar e apresentar as melhores propostas de estratégias, sempre levando em conta qual é o objetivo final.

O profissional deverá utilizar os conhecimentos específicos para proporcionar qualidade de serviço, em cada uma das etapas necessárias ao longo do processo.

Se você tem interesse em investir nesse serviço, que consegue …

Por que preciso de um site para minha pequena empresa?

Hoje você pode ter um site para praticamente qualquer coisa, desde campanhas de crowdfunding até páginas de fãs de hamster de estimação. Mas, por algum motivo, muitas pequenas empresas demoraram a ficar on-line, apesar de os sites estarem disponíveis há mais de 25 anos!

Felizmente, o número de pequenas empresas com sites profissionais está aumentando constantemente, de um punhado relativo há dez anos para cerca de dois terços hoje (os números variam, dependendo do país e da pesquisa que você examina). No entanto, isso ainda deixa milhares de empresas atrasadas. Por que a demora?

Em pesquisas , muitos donos de empresas dizem que não têm as habilidades, o tempo ou o dinheiro para a criação de um site de negócios. Mas um número surpreendente diz que seus negócios não precisam de um website , seja porque não é necessário, ou porque usam mídias sociais.

É por isso que este post abordará algumas razões específicas pelas quais sua pequena empresa deve ter seu próprio site. Se você é um pequeno empresário que ainda está em cima do muro, continue a ler!

Por que ter um site? Nossas principais razões:

Um site profissional atende às expectativas do cliente:

Agora, mais do que nunca, seus clientes esperam encontrar informações sobre sua empresa on-line. Na verdade, a maioria dos consumidores agora faz pesquisas online antes de fazer uma compra , mesmo que seja para comprar algo de sua loja local. Se você não tem um site, está enviando uma mensagem de que sua empresa está presa na Idade das Trevas ou de que não está interessado em encontrar novos clientes, e nenhuma delas é aquela que você provavelmente deseja enviar. .

Eles não precisam de muita informação ou de uma enciclopédia complicada de várias páginas sobre você. Apenas algumas páginas simples são geralmente mais do que suficientes, desde que tenha informações básicas adaptadas às suas necessidades e muito fáceis de encontrar. E, mais importante, deve ser preciso e atualizado, uma vez que informações desatualizadas são uma das principais preocupações dos clientes quando se trata de usar sites de empresas locais.

Você pode controlar informações e branding:

Comentários e comentários de usuários são ótimos, mas você não deve ter a palavra final sobre quais informações sobre sua empresa são apresentadas ao público? Ter um site para sua empresa cria instantaneamente uma presença oficial na internet para que você não precise depender de outras pessoas falando por você. E você pode fazer com que pareça exatamente do jeito que você quer, com seu próprio logotipo, cores e fontes.

Um site é mais acessível do que a publicidade tradicional:

Muitas pequenas empresas contam com anúncios e listas de páginas amarelas para divulgar seu nome. Ninguém vai dizer-lhes para remover suas listas, mas está comprando um anúncio no diretório cada vez mais encolhido e cada vez mais caro o melhor uso dos fundos? Os custos do site estão diminuindo a cada ano e têm um alcance mais amplo.

Um site é mais fácil de se manter atualizado:

Se você tentou um site anos atrás, você pode ter algumas lembranças ruins da experiência. Provavelmente, levou semanas ou meses para um desenvolvedor criá-lo e, em seguida, você não poderia fazer nenhuma alteração sozinho. Coisas simples, como atualizar o horário de funcionamento da loja, podem levar uma eternidade, então suas informações estavam desatualizadas. E mudar cores ou fazer upload de fotos? Boa sorte!

Hoje não poderia ser mais diferente. Com a F5 Sites, tudo o que você precisa fazer é entrar no seu site e clicar na parte que deseja alterar. Você poderá editar texto, adicionar fotos ou alterar partes

5 vantagens de usar o marketing de conteúdo para atrair seus clientes

Muitas pessoas ainda não conhecem essas excelentes ferramentas de vendas e educação do público que agrupamos sobre o nome de marketing de conteúdo.

Dizemos ferramentas porque existem diversas formas de trabalhar esse tipo de conteúdo, e se você ainda não entende muito sobre essa nova forma de se relacionar com o público, remos mostrar como isso funciona e quais são as 5 maiores vantagens desse tipo de marketing.

O que é Marketing de conteúdo e como ele funciona?

marketing de conteúdo é, basicamente, uma ferramenta de divulgação e vendas que as empresas podem ( e devem sempre) usar para criar dois tipos de valor extremamente interessantes para uma empresa hoje em dia:

  • Relevância online: em uma época em que as pessoas estão usando todas as técnicas possíveis para aparecem na primeira página do google, o marketing de conteúdo é uma estratégia em médio/longo prazo para fazer com que as buscas ao site da sua empresa se tornem mais eficientes, porque as pessoas vão passar a usar seu site como referencial do assunto.
  • Prospectos para um funil de vendas: isso é uma das técnicas do marketing de conteúdo ( que iremos abordar em um momento mais oportuno) e que com certeza vai te ajudar a vender pela internet de forma quase automática ( ou totalmente automática).

Resumindo: com um conteúdo de qualidade, você atrai pessoas interessadas no que você faz e pode instruí-las a comprar o seu produto dentro do processo com textos persuasivos associados ao conteúdo.

Quais são as vantagens do marketing de conteúdo?

1- Associa o marketing digital voltado à vendas e o marketing e relacionamento em um único esforço

Essas duas formas de marketing digital são especialmente interessantes pelas situações que citamos acima e também pela capacidade que elas têm de aumentar a sua chance de desenvolver uma excelente comunicação com o seu público. Ser a referência, o especialista da sua área, é altamente interessante.

Nesses casos você pode usar estratégias relacionadas a esse marketing de conteúdo para alavancar vendas e para criar “fãs” da sua marca.

2- Demonstra que a sua empresa se importa com os clientes além da relação comercial

Todo mundo ama presentes, brindes e ganhar coisas de graça. Se a sua empresa oferece informação sobre o que vende além das simples informações de venda, você está dando conhecimento “de presente”, sem que elas precisem comprar nada de você;

Independente do tamanho da sua empresa, isso dá a impressão de uma empresa grande e bem estabelecida.

3- você começa a ensinar o público que o seu meio é o melhor

Isso é algo que as pessoas não citam muito, mas quando você cria um conteúdo informativo sobre a sua área, você obviamente evidencia as vantagens e diferenciais do seu produto em relação aos do concorrente Com isso você aumenta a sua vantagem em relação ao seu concorrente, que pode estar fazendo a mesma coisa.

Nesse caso a situação vira um “ o melhor conteúdo vence!

4- é barato

Criar um conteúdo e estratégias de marketing de conteúdo amplifica muito os resultados de ads online e COM CERTEZA merece muito mais resultado do que televisão rádio e jornal.

5- Você pode começar agora mesmo!

Basta começar a estudar sobre marketing de conteúdo e começar a criar agora mesmo esse tipo de conteúdo incrível que você precisa! Ele é mais difícil do que simplesmente criar conteúdo de forma aleatória mas você pode estudar sobre isso ou contratar um profissional.…